Warning: session_start(): open(/var/lib/php-cgi/session/sess_b82ct17jqm6lvo91jlccdcqd40, O_RDWR) failed: No such file or directory (2) in /home/storage/9/46/be/mondragonsiteofi1/public_html/blog/historia-de-novembro-azul/index.php on line 4
Historia e novembro azul - Blog Mondragon, Equipamentos farmacêuticos

Historia e novembro azul

. Início do Blog . Historia e novembro azul
17

Nov 2021

    O Novembro Azul surgiu em 2003 em Melbourne, na Austrália, a partir da iniciativa de dois amigos, Travis Garone e Luke Slattery. Os dois estavam se divertindo em um ‘pub’ e cogitaram se ficariam bem de bigode, que estava fora de moda na época.

Historia de novembro azul

O Novembro Azul surgiu em 2003 em Melbourne, na Austrália, a partir da iniciativa de dois amigos, Travis Garone e Luke Slattery. Os dois estavam se divertindo em um ‘pub’ e cogitaram se ficariam bem de bigode, que estava fora de moda na época. Então, inspirados pela campanha da mãe de um colega, que levantava fundos para o combate ao câncer de mama, Travis e Luke tiveram a ideia de associar o bigode com a conscientização sobre a saúde masculina.
Eles escolheram o mês de novembro para deixar o bigode crescer, pois, no dia 17, já se comemorava o Dia Mundial do Combate ao Câncer de Próstata. Naquele ano, cerca de 30 amigos aceitaram participar da campanha e, como muita gente se interessava pelos bigodões, a história foi se espalhando cada vez mais.


Como que chegou no nosso Brasil

O Novembro azul ou Movember Foudantion chegou ao Brasil em 2008, trazido pelo Instituto Lado a Lado pela Vida em conjunto com a Sociedade Brasileira de Urologi


Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens no Brasil, atrás apenas do câncer de pele do tipo não melanoma.

Entre a população masculina, o tumor de próstata é a segunda principal causa de morte por câncer, realizando uma vítima fatal a cada 36 homens. Porém, quando detectado precocemente, o tratamento é menos invasivo e oferece mais oportunidades de cura.

Entretanto, como o diagnóstico envolve o toque retal, um exame que ainda é cercado de polêmicas, muitos homens relutam em realizá-lo em função do preconceito. Nesse sentido, um dos objetivos do Novembro Azul é justamente quebrar esses tabus e conscientizar a população masculina de que os cuidados com a saúde devem ser colocados acima dessas barreiras. Com isto a primeira campanha teve como lema “Um Toque, Um Drible”, de modo a criar consciência sobre o câncer de próstata, derrubar o preconceito e incentivar os homens se consultar e a realizar o exame se necessário.

Quais os exames contemplados no novembro azul?

O médico usa uma luva lubrificada e pode realizar o exame com o paciente em pé. Através do toque retal é possível identificar sinais de doenças como inflamações, alterações nas glândulas e o surgimento de nódulos. Já o exame de sangue identifica se os níveis de PSA (Antígeno Prostático Específico) estão elevados. Essa substância é produzida na próstata e seus níveis normais devem estar abaixo de 4 ng/ml.

Alguns exames como a biópsia, ultrassonografia, ressonância magnética e tomografia computadorizada podem ser solicitados para um diagnóstico detalhad

A campanha estimula o homem a ter mais cuidado com a sua saúde através de uma alimentação saudável, prática de atividades físicas, controle do estresse emocional e acompanhamento periódico das doenças crônicas já diagnosticadas. E alguns laboratórios também já oferecem desconto especial para a realização dos exames clínicos sobre o câncer de próstata.

O que preciso saber sobre o câncer de próstata?

A próstata é uma glândula masculina localizada abaixo da bexiga, responsável pela produção de nutrientes presentes no esperma. O tumor atinge grande parte da glândula seminal, prejudicando seu

  • Idade: A idade é um fator predominante em homens com mais de 50 anos. O grupo com maior incidência de casos fica na faixa etária entre 60 a 65 ano
  • Histórico familiar. Pessoas que possuem parentesco de primeiro grau com alguém que foi diagnosticado com a doença possuem maiores riscos para o desenvolvimento dela em seu organismo.
  • Genética: Alterações genéticas hereditárias como a mutação dos genes BRCA-1 ou BRCA-2 e a síndrome de Lynch aumentam o risco para alguns categorias de câncer, incluindo o câncer de próstata.

Quais são os sintomas:

O tumor não apresenta sintomas em sua fase inicial. Por conta disso, é preciso atentar-se quando perceber algo incomum, já que muitos sintomas costumam surgir na fase avançada da doença. O médico responsável pelos cuidados da próstata é o urologista e os sintomas mais comuns são:

  • Dificuldade de urinar
  • Dor nos ossos
  • nsuficiência renal

Lembrando que o Novembro Azul ressalta a importância da realização de exames frequentes em pessoas com idade a partir de 50 anos, porque o diagnóstico precoce pode gerar 90% de oportunidades de cura.

Comente no Facebook

Envie seu comentário para a Mondragon